Com 10 cidades em emergência, RS deve ter novos temporais Risco é provocado pela formação de uma nova área de baixa pressão. Tempo fica abafado desde o amanhecer, e à tarde faz calor no estado. | RadioItuAm


No Ar! Ao Vivo!
Rádio Itu Am 1460 KHz

Redes Sociais

facebook rss skype

Com 10 cidades em emergência, RS deve ter novos temporais Risco é provocado pela formação de uma nova área de baixa pressão. Tempo fica abafado desde o amanhecer, e à tarde faz calor no estado.

Com 10 cidades em emergência, RS deve ter novos temporais Risco é provocado pela formação de uma nova área de baixa pressão. Tempo fica abafado desde o amanhecer, e à tarde faz calor no estado.

Uma nova área de baixa pressão se forma no Rio Grande do Sul nesta quarta-feira (26), causando risco de novos temporais no estado. A chuva vem afetando parte do estado desde a semana passada, e a Defesa Civil contabiliza 10 cidades em situação de emergência.

A chuva mais forte está prevista para o Noroeste. Há risco de queda de granizo e ventos de mais de 70 km/h. O tempo fica abafado desde o amanhecer, e à tarde faz calor.

No Sul do estado, chove desde o início do dia. Em Jaguarão faz 18°C, e a máxima alcança os 29°C. Na Campanha, também há chance de temporais. Em Dom Pedrito, as temperaturas variam entre 17°C e 25°C. Em São Borja, na Fronteira Oeste, os termômetros marcam entre 18°C e 26°C, também com chuva.

Na Região Central e dos vales, fortemente atingida pelos últimos temporais, também tem risco para queda de granizo. Em Santa Maria, as temperaturas ficam entre 19°C e 27°C.

Mas a chuva será ainda mais intensa entre o Norte e Noroeste. Em Erechim, o amanhecer é bastante abafado, com 20°C.  O tempo instável também na Serra. Em Caxias do Sul, à tarde, faz 27°C, com sensação de calor.

Em Porto Alegre, também tem risco de pancadas de chuva. A mínima fica em torno de 19°C e a máxima chega a 26°C. A chuva só para na sexta-feira (28), e as temperaturas devem cair no final de semana.

Chegou a 81 o número de cidades afetadas pela chuva que atinge partes do Rio Grande do Sul desde a semana passada, conforme apontou a Defesa Civil em boletim divulgado no final da tarde desta terça-feira (25). Destas, 10 tiveram os decretos de situação de emergência reconhecidos pelo órgão: São Sebastião do Caí, Bom Princípio, Pareci Novo, Liberato Salzano, Pantano Grande, Montenegro, Ernestina, Getúlio Vargas, Vila Maria, Catuípe.

São 6.158 residências atingidas, e 802 famílias tiveram que sair de casa – 198 estão em abrigos públicos e 604 foram acolhidas por amigos e familiares. Segundo a Defesa Civil, durante a tarde foram realizados atendimentos a moradores atingidos e levantamentosa de áreas de risco.

O órgão ainda presta apoio às coordenadorias regionais no repasse de material para os atingidos. Por meio de uma parceria com a Agência Adventista de Desenvolvimentos e Recursos Assistenciais, já foram entregues quase 3 mil refeições a famílias atingidas, além de 96 lavagens de roupas realizadas.

Entre a tarde e a noite desta terça (25), a chuva de granizo danificou residências e prejudicou lavouras em municípios do estado. Segundo a Defesa Civil, cerca de 50 casas tiveram danos nos telhados em Santo Antônio do Palma, no Norte. O problema também foi registrado em Vila Maria, na mesma região, e em Candelária, no Vale do Rio Pardo, mas não houve contabilização.

Em Dilermando de Aguiar, na Região Central, as pedras de gelo danificaram o pátio de uma escola. Em Gentil, no Norte do estado, também houve chuva de granizo, mas nenhum dano foi informado. Vacaria, na Serra, também reve registro do fenômeno.

No Noroeste do estado, a chuva alagou ruas de São Pedro do Butiá. No interior da cidade, o vento forte derrubou árvores e o granizo causou prejuízos em lavouras de trigo e milho.

Em Crissiumal, o granizo foi fraco na cidade, mas causou prejuízos no interior. Lavouras de fumo, milho e trigo foram atingidas. A cidade já havia sido atingida por um temporal na semana retrasada e decretou situação de emergência.

Um deslizamento de terra provocou o bloqueio da pista da ERS-324 entre Casca e Vila Maria, onde também caiu granizo. O trânsito no local já foi liberado.